Sábado, 20 de Julho de 2024
21°

Parcialmente nublado

Sapé, PB

Brasil Brasil

Polícia Federal decide indiciar Bolsonaro nos inquéritos das joias e das vacinas

O pedido de indiciamento do ex-mandatário, segundo apurou a coluna com fontes da cúpula da Polícia Federal, foi concluído e deve ser remetido à Procuradoria-Geral da República (PGR) nos próximos dias.

04/07/2024 às 09h24
Por: Redação Fonte: Metropoles
Compartilhe:
Polícia Federal decide indiciar Bolsonaro nos inquéritos das joias e das vacinas

A Polícia Federal (PF) decidiu indiciar o ex-presidente Jair Bolsonaro em dois inquéritos: o que apura a venda ilegal de joias no exterior e o que investiga a falsificação de cartões de vacinação contra a Covid-19.

Continua após a publicidade

A informação é do jornalista Igor Gadêlha, do Portal Metrópoles.

De acordo com a publicação do jornalsita, o pedido de indiciamento do ex-mandatário, segundo apurou a coluna com fontes da cúpula da PF, foi concluído e deve ser remetido à Procuradoria-Geral da República (PGR) nos próximos dias.

Além de Bolsonaro, outros aliados e auxiliares do ex-presidente também estão na lista de indiciametos da Polícia Federal. Entre eles, os advogados Fabio Wajngarten e Frederico Wasseff.

O tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, também será indiciado. O militar foi peça-chave nos inquéritos, após fechar um acordo de delação premiada com a PF.

A coluna apurou que, apesar dos pedidos de indicamento, a Polícia Federal não vai requerer a prisão preventiva nem de Bolsonaro, nem dos demais indiciados, como a coluna antecipou em junho.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias